segunda-feira, 9 de outubro de 2017

O veneno político e a esquizofrenia social

A política envenenou o Brasil

   
  Tínhamos até recentemente um país majoritariamente desinteressado em política, que se limitava a manifestar alguma opinião política aqui e acolá diante de uma notícia mais enfatizada pelos jornais, sobre tudo do Jornal Nacional. Não muito mais do que isso. E esse era o envolvimento médio do cidadão brasileiro em política. Um envolvimento pequeno, é verdade, mas era muito mais saudável. A política envenenou o Brasil.
   O país foi "politizado". Politizado de cima para baixo, como sempre acontece neste tipo de fenômeno social. E o foi através de uma politização de novo tipo, mais radical do que em qualquer outro período da História do Brasil, mais abrangente e agora totalmente esquizofrênica. Os militantes de todos os lados não tem a mínima ideia do que estão dizendo, do que estão fazendo, lutam contra inimigos imaginários, mudam de opinião de forma abrupta e com frequência. A sociedade foi contaminada por discussões sem pé e nem cabeça resultado direto do veneno incutido na sociedade, um veneno que amortece as faculdades mentais, aguça o ódio, o radicalismo e a fantasia, que distorce a percepção da realidade transformando o ser humano em fera, em besta, em animal, num animal facilmente adestrável e iludível, um mongoloide, um troglodita, um monstro.

   Um veneno muito bem preparado e capaz de atingir mesmo as mentes mais aguçadas e preparadas, que tal qual ao grosso da população começam a disparar coisas sem o menor sentido como se fossem uma verdade absoluta, mantendo uma espécie de atitude cínica inconsciente que as transformam no tipo de bestas mais perigosas por que têm a capacidade de formar opinião e reunir seguidores. 
   Um veneno que surte efeito fácil e fortemente justamente por que é aplicado num país atrasado em todos aspectos, sob todas as perspectivas. E que tem ainda como sintoma fazer com que o país parta de uma condição de atraso para uma caminhada em marcha ré, cada vez mais pra trás, transformando toda a discussão num sem fim de aberrações anacrônicas que fazem parecer como se vivêssemos eternamente no século XX (o século passado) onde as estrelas dos discursos são pensadores e ideias do século XIX (o século retrasado) e seus continuadores.

   A política envenenou o Brasil e o antídoto para o veneno é assumir a sua culpa, é tomar consciência de que você foi enganado (de novo), que atacou pessoas que não deveria e defendeu ideias mentirosas; o antídoto é assumir que você foi iludido mais uma vez, que foi otário, que mentiu, que ludibriou, que trapaceou em seus discursos em nome de ideias e pessoas que não valem nada, que não ligam para você, por que em determinado momento aquelas ideias e pessoas disseram coisas que foram ao encontro de seus anseios mais orgulhosos, massagearam o seu ego.

   O antídoto é assumir que tudo foi feito por orgulho e por interesse pessoal e nada foi realmente feito em nome de um país melhor, de uma nação mais evoluída ou avançada. O antídoto é assumir que vc esteve errado o tempo todo e que longe de estar trabalhando para uma sociedade melhor, vc estava totalmente cego de vaidade e orgulho propalando ideias sem sentido e sem lógica, mera propaganda político-ideológica que vc começou a repetir, compartilhar, propalar, sem uma apuração mais detalhada ou aprofundada do que realmente era aquilo, por que aquilo parecia ser o melhor para você, única e exclusivamente, e para e seus interesses mesquinhos. 
   O antídoto é cair na real e assumir que vc foi bobo. Mas pra isso vc precisa deixar o seu orgulho de lado. Entretanto, esse veneno faz muito bem o seu efeito por que foi inoculado em uma sociedade cujo os valores orbitam o orgulho de seus membros. Tudo o que vc faz é vaidade e orgulho. E orgulho é o anseio de provar para os outros que vc é determinada coisa que vc acredita ser ou que querem que vc acredite que seja. Orgulho sãos ilusões que vc crê verdadeiras por que as ama. 



   No atual contexto vc está preparado para tomar uma atitude inteligente? Fazer algo em prol de alguém que não seja você mesmo? Ou vc é orgulhoso demais pra isso? Ou vc é mesmo só mais um hipócrita?

Os Americanos

Loading...